Craniopuntura Chinesa e Seus Benefícios

A Craniopuntura Chinesa é uma técnica de acupuntura que consiste em aplicar agulhas sobre certas áreas cutâneas bem determinadas do crânio com finalidade terapêutica.

É um microssistema, ou seja, uma parte do corpo que representa todo o organismo.

Foi descoberta na década de 70 pelo neurocirurgião Chinês Chiao Shun Fa médico do Hospital do Povo no norte da china, que ao buscar melhores resultados para o tratamento de sequelas neurológicas passou a realizar pesquisas estimulando pontos do couro cabeludo que, por ter maior proximidade com o córtex cerebral do que os pontos sistêmicos da acupuntura, acreditava que teria efeito mais rápido sobre as doenças cerebrais. Em 1971, conseguiu reverter a hemiplegia de um paciente e em 1975 publicou suas descobertas, depois de tratar 600 casos.


Esta técnica é utilizada no tratamento de várias afecções, principalmente no tratamento das afecções neurológicas, bem como para potencializar os efeitos de outros tratamentos, promovendo a melhora ou diminuição da sintomas.


Alguns estudos têm demonstrado que a Craniopuntura Chinesa contribui significativamente na redução do nível de intensidade e controle de alterações como zumbido, crises convulsivas, dores em geral. Apresenta bons resultados no restabelecimento das funções orgânicas afetadas por doenças cardiovasculares como o AVC, contribuindo para melhora ou diminuição das sequelas motoras como hemiparesia, hemiplegia, alterações sensórias, alterações da fala, redução da espasticidade e melhora da qualidade de vida entre outros benefícios.


A Craniopuntura Chinesa potencializa o resultado da Fisioterapia, em suas diversas áreas, principalmente quando utilizada como uma conduta da Fisioterapia durante a sessão de tratamento.



394 visualizações0 comentário